terça-feira, 7 de abril de 2009

O rochedo

Observo em silêncio
As ondas que se quebram mil vezes

-----------------------(é admirável a paciência infinita do rochedo)

3 comentários:

Silence disse...

eu tenho paciência de rochedo, esperarei que as ondas quebrem

MRF disse...

eu não tenho essa paciência. mas pouco me adianta. sabemos que existe a erosão natural e agarro-me a essa ideia. para não ser pessimista. falo de um país, é claro.

beijo, tu que queres sempre ser «nada». ora!

LORENZO MONSANTO disse...

E nunca me canso...